“Não somos ladrões da Lei Rouanet”, desabafa Fernanda Montenegro

A defesa da classe artística foi a bandeira que a atriz Fernanda Montenegro levantou durante a premiação Troféu Melhores do Ano 2018, exibida neste domingo (9) no Domingão do Faustão.

Aos 89 anos, Fernanda foi premiada na categoria Personagem do Ano pelo papel de Mercedes na novela O Outro Lado do Paraíso. Ao receber o troféu ao lado das também premiadas Adriana Esteves e Marieta Severo, demonstrou seu incômodo com as críticas que parte dos brasileiros têm feito aos artistas e à Lei Rouanet.

— Somos de uma profissão digna. Nós somos de uma cultura teatral milenar. Não é possível fazerem de nós, gente de palco, atores de televisão, de cinema, responsáveis pela derrocada econômica deste país. Não somos corruptos, não somos responsáveis pela crise de corrupção que nosso país está passando. Se estende por este país, de uma forma ultrajante, uma visão negativa, torpe, agressiva, em cima de nós. Não somos responsáveis pela corrupção desse país através da Lei Rouanet. É preciso que busquem as gangues onde elas estão. Os nossos palcos, os nossos programas de TV ligados à dramaturgia têm uma busca constante de ampliar o imaginário e da sensibilidade. Isso nos leva a uma integração de nação e de cultura. Não somos ladrões diante da Lei Rouanet. Procurem os verdadeiros buracos corruptos deste país — criticou a atriz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *