Priscilla Pugliese comenta Dia do Orgulho LGBTQIA+ e reforça a importância da naturalidade no audiovisual

Durante todo o mês de Junho as pessoas manifestam o orgulho LGBTQIA+ por meio das redes sociais ou movimentos ao redor do mundo. Mas, a data comemorativa do Dia Internacional do Orgulho é celebrada anualmente no dia 28 de junho.

Buscando reforçar o orgulho de pertencer à comunidade, a data nasceu após um ocorrido em Nova York, no ano de 1969. Pessoas que costumavam ir ao bar Stonewall Inn, muito frequentado na época e até os dias de hoje por gays, lésbicas e trans, reagiram a uma série de batidas policiais que eram realizadas com frequência devido a proibição de espaços para convivência de pessoas da comunidade.

Desde então, o dia 28 de junho se tornou um marco para a comunidade LGBTQIA+ que ainda vive em luta contra o preconceito. A atriz Priscilla Pugliese, conhecida por protagonizar webséries lésbicas de sucesso internacional e proprietária da Ponto Ação Produções, produtora de audiovisual independente responsável por grandes séries  LGBTQIA+, afirma que, não só a data comemorativa é importante, mas como também a história por trás dela. 

“A data de hoje mostra o quão longa é nossa luta. Infelizmente, até os dias de hoje vemos episódios como os que aconteciam no bar StoneWall Inn. Precisamos entender a importância do ocorrido em Nova Iorque. Eles não abaixaram a cabeça e lutaram. Nós também precisamos lutar. Sem violência, mas lutar. Precisamos continuar fazendo o que fazemos, no meu caso por exemplo, produzindo séries de representatividade. Sempre é possível fazer mais, porém mais importante do que fazer mais, é continuar fazendo. Dentro da arte é preciso trazer o assunto com mais naturalidade e normalidade, de forma que possamos contribuir também com essa luta contra o preconceito. É preciso se orgulhar. É preciso mostrar que está tudo bem em amar quem quisermos amar”, afirma Priscilla.

No contexto atual em que vivemos , precisando permanecer em isolamento social devido à pandemia causada pela COVID-19, festas e manifestações que são realizadas anualmente no mês de Junho, tiveram que acontecer online. Devido a isso, foram acontecendo, durante todo o mês, uma onda de lives abordando diferentes vertentes da representatividade e orgulho LGBTQIA+. A atriz também realizou e participou de algumas dessas transmissões ao vivo no instagram e rádio, onde pôde falar mais sobre a representatividade LGBTQIA+ e a naturalidade do assunto dentro das produções audiovisuais.

Priscilla Pugliese em “A Melhor Amiga da Noiva”

“Acabamos sempre abordando o assunto da representatividade que a Ponto Ação traz nas séries de forma naturalizada, mas acho que quanto mais lives com pessoas e nomes diferentes a gente fizer, mais públicos diferentes estamos alcançando para transmitir nossas mensagens e mostrar o quão importante é a normalização de uma temática LGBTQIA+ nos produtos audiovisuais. É sempre bom e importante falar. As lives foram bem produtivas. Em todas as lives tivemos retornos lindos nas redes sociais”, pondera a atriz.

Além de reforçar a importância da naturalização do assunto dentro das produções nacionais, Priscilla também compartilhou relatos de momentos especiais com fãs que se descobriram ou se aceitaram, e até mesmo contou histórias de mães que entraram em contato com a atriz para contar que, com as séries, aprenderam a ouvir e entender mais os filhos.

O Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+ reúne uma imensidão de manifestações nas redes sociais, principalmente nesse momento de quarentena.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *