Para celebrar 461 de Mogi das Cruzes, jornalista Analice Nicolau apresenta documentário

São 461 anos de Mogi das Cruzes. Mais de 500 mil habitantes. Um lugar vasto, de beleza, natureza, história, fé e cultura. Muito mais do que podemos contar em palavras. Nesta quarta-feira (1º) a cidade do interior de São Paulo comemora o redescobrimento. Para o mês de aniversário, a Prefeitura preparou uma programação especial, com a participação de diversas Secretarias Municipais, que busca homenagear o município, com o tema “Redescubra Mogi, Viva Nossa Cidade”, pelo olhar da jornalista Analice Nicolau.


Há um ano, Analice escolheu a cidade, carinhosamente apelidada de ‘Mogi’, como lar. Depois de anos na capital paulista, a jornalista encontrou no interior uma forma de se conectar com a natureza, com histórias, cultura e pessoas.


Analice ainda completou dizendo sobre o acolhimento que recebeu dos moradores. “O que mais me encontrou quando cheguei até aqui foi o amor, receptividade, simplicidade e carinho das pessoas. O município é realmente muito bonito, mas as pessoas conseguiram embelezar muito mais essa experiência. Me senti realmente acolhida pela minha família. Costumo dizer que sempre pertenci a esta cidade, assim como as tantas outras que me acolheram. Eu sou parte de Mogi e do Brasil”, conta a jornalista.


Durante 17 dias, a jornalista e uma equipe de gravações percorreram a cidade para desbravar o que tornam a cidade tão encantadora.
“Tive o prazer de desenvolver esse projeto, juntamente coma Prefeitura de Mogi das Cruzes. Sei que cada uma das pessoas, através desse documentário, vai conhecer muito mais do que lugares lindos e turísticos, mas histórias que fazem com que essa cidade seja um ponto de referência para os paulistas. Mogi me faz recordar da minha infância, e desperta o melhor das conexões, sejam elas na natureza, nos moradores e histórias que tanto me emocionaram”, contou.


Mesmo acostumada com o hard jornalismo e a ouvir diversas histórias, Analice descobriu nesses dias de gravação, muitas vezes intensos de 3h da manhã a 22h, os pontos mais lindos que Mogi pode oferecer.


“Sem dúvidas, conheci muitos lugares e ouvi muitas histórias, mas, os pontos que com certeza vão entrar na minha lista de preferidos são o Parque das Neblinas e o Pico do Urubu. Nada pode descrever o que é o nascer e o pôr do sol nestes lugares, principalmente quando estamos envolvidos num projeto tão encantador que vai mostrar até mesmo aos mogianos as mais belas riquezas que pertencem a este lugar”.


Durante o mês, todas as semanas uma parte do documentário estará disponíveis nas redes sociais da Prefeitura. Além disso, serão realizadas atividades culturais para promover a cidade, respeitando todas as medidas de proteção contra a covid-19. Confira a lista completa das atividades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *