“Tive muita relação sexual vestido de Bozo”, revela Marcos Fiel um dos intérpretes do famoso palhaço

Marcos Fiel que deu vida ao inesquecível palhaço Bozo de 1983 a 1986 no programa infantil do sbt teve momentos de fama e muito glamour. Mas por trás de toda aquela maquiagem, figurino e alegria tinha um homem viciado em drogas pesadas e que já estava chegando ao fundo do poço.

Em entrevista ao Canal da Lisa Gomes no youtube, Marcos Fiel conta detalhes dos bastidores e como conheceu a cocaína, “Eu tive problemas muito sérios, porque quando entrei pra fazer o Bozo eu já fazia o consumo de maconha e bebida. Dentro da televisão que eu vim conhecer o mundo da cocaína. Usava pouco para dar o que chamam ‘o barato’, apresentava e os maquiadores ficavam até com raiva porque tinham que maquiar novamente porque o nariz escorria”, revela.

Companhia nas Drogas

Marcos revela que usou drogas com outro intérprete do Bozo, “O Arlindo (Barreto) todo mundo sabe, ele mesmo confessa, que fazia muito uso, nós chegamos a usar muitas vezes juntos. Já o Luiz Ricardo nunca soube de nada”, pontua.

Música de sucesso

Marcos é um dos compositores da canção ‘Se você quer sorrir’ gravada por outra dupla de palhaços, “Tudo que eu ganhava no Patati Patatá eu jogava nas drogas, Rinaldi (Dono da marca Patati Patatá) tentou me ajudar, me internou na clínica, mas eu fugi, fiquei 40 dias limpo”, lembra.

“Entrei no crack, uma droga pior do que todas, fiquei com 51 quilos e usava 40 pedras por dia. Ficava 5 dias virado e não voltava pra casa, cheguei a morar dentro de um barraco na favela, as pessoas estavam me fazendo de ‘avião’ e chegou uma hora que eu disse: ‘Não é isso que eu quero’.

Sem Drogas

Marcos está há 9 anos sem usar drogas, “Me internei uma vez só, de livre e espontânea vontade. Fui para uma clínica, em 12 dias que passei lá, fiquei 8 trancado como animal, tomando um monte de remédios, tendo que dizer ‘amém’, muitas dores no corpo. Fugi da clínica. Hoje sou cristão, tive um encontro muito sério com Deus, hoje sou liberto”, comemora.

Sexo vestido de Bozo

Ainda na entrevista, Marcos Fiel conta que o sexo era um dos seus aliados, “A droga te induz ao sexo, tive muitas relações, hoje agradeço muito a Deus de ter saído limpo de tudo isso, apenas colesterol alto. Me relacionava com muita gente, as vezes nem sabia quem era de tão louco”, revela.

Várias mulheres, mães de crianças e seguidoras do palhaço faziam propostas sexuais ao ator, como no caso de uma empresária, “Meu sonho, meu desejo era ter relações com você vestido de Bozo e eu tive. Fui para um estado e teve uma secretária de uma empresária que pediu para ficar mais dois dias e eu consegui a folga na tv e eles me deixaram mais dois dias e com certeza eu tive muita relação vestido de Bozo com essa mulher. Achei meio estranho, mas ela era louca pelo personagem, mas depois não me senti bem, em respeito ao personagem”, conta.

Assista a entrevista completa:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *